Toda loja em 12x no cartão de crédito

PORQUE SENTIMOS CHEIRO

Quem nunca sentiu um cheiro e, instantaneamente, foi transportado para uma lembrança? Pode ser uma situação, uma pessoa ou uma fase da sua vida. Isso se chama memória olfativa e acontece porque o olfato está diretamente ligado aos mecanismos que formam as emoções, memórias e sentimentos.

Como funciona?

Ao sentir um determinado cheiro, por exemplo, ele passa pelas narinas e vai diretamente para o córtex olfativo do cérebro, que está associado às amígdalas e ao sistema límbico, onde nossas emoções surgem e nossas memórias são guardadas.

As amígdalas associam a fragrância sentida à ação que estamos vivendo e, naturalmente, o cheiro é guardado em nossa memória juntamente com o que estamos sentindo naquele momento.

Assim, ao sentirmos o mesmo cheiro novamente, seja a fragrância de uma flor, o perfume antigo de um namorado ou o cheirinho da comida de mãe, automaticamente, a memória olfativa conecta aquele cheiro à sensação que você teve ao senti-lo pela primeira vez e te faz relembrar determinado fato.

As fragrâncias dos óleos florais, além de despertarem essas sensações, trazem outros benefícios próprios. As lavandas acalmam, já as jasmins relaxam e instigam a sensualidade.

Por que essa sensação é tão intensa?

Diferentemente de outros tipos de memórias, estudos apontam que a memória olfativa é uma das mais duradouras e a que mais nos remete à infância, dando a sensação de voltar no tempo, já que o olfato é o primeiro sentido a amadurecer.

Além disso, sua primeira associação entre alguma fragrância e sensação, será sempre melhor que as próximas, fazendo com que aquele cheirinho marcante da casa da sua avó ou do livro da escola permaneça intacto em suas lembranças.


Busca no Blog

Newsletter

Preencha o formulário e receba nossas ofertas em seu e-mail.

Pague suas compras com


No PC, tablet e smartphone

© 2015 . Casa das Essências e Decorações . CNPJ: 22.777.349/0001-77 . Todos os direitos reservados.